Libertem as Crianças

Libertem as Crianças

Com as exigências da vida moderna – agendas cada vez mais preenchidas, espaços para brincar cada vez mais limitados e a tecnologia – as crianças têm vindo a perder um hábito essencial ao seu desenvolvimento: brincar.

Uma investigação Skip, realizada a nível global e que contou com a participação de mais de 12.000 pais, demonstrou que o tempo alocado a brincadeiras infantis se encontra drasticamente em declínio! Uma das descobertas mais preocupantes deste estudo é o facto de as crianças passarem tão pouco tempo ao ar livre como um recluso.

Apesar de os especialistas concordarem que há múltiplos benefícios associados ao uso da tecnologia por parte das crianças, o "tempo em frente ao ecrã" é apontado como o principal obstáculo para tirar as crianças de casa. Quase oito em cada dez pais (78%) admitem que os seus filhos se recusam frequentemente a brincar quando não há tecnologia envolvida.

Para chamar a atenção para esta questão, Skip criou Libertem as Crianças, um filme polémico e revelador que ilustra de forma clara o atual desequilíbrio do tempo para brincar. Filmado numa prisão de segurança máxima nos Estados Unidos, onde o realizador Toby Dye conversou com os reclusos sobre o que significava para eles o tempo que passavam ao ar livre.

Entretanto, um dos principais especialistas em educação, criatividade e desenvolvimento humano, Sir Ken Robinson, juntou-se a Skip para presidir ao Conselho Consultivo de Desenvolvimento Infantil É Bom Sujar-se. A missão deste Conselho é inspirar o diálogo sobre a importância de as crianças passarem mais tempo ao ar livre e incluírem mais brincadeiras reais nas suas vidas.

 

O que é o Dia de Aulas Ao Ar Livre?

O Dia de Aulas Ao Ar Livre é uma campanha global para celebrar e inspirar brincadeiras ao ar livre nas escolas! Apesar de pais e professores entenderem a importância de se passar tempo ao ar livre, as brincadeiras acabam muitas vezes por ficar de fora do dia a dia da sala de aula por culpa de outras prioridades.

Quem já testemunhou o efeito que aprender e brincar ao ar livre tem nas crianças, sabe o quão poderosas essas experiências podem ser. Brincar é importante para o desenvolvimento saudável dos mais pequenos e, portanto, deve ser uma parte essencial de todos os dias. Aprender ao ar livre, também conhecido por aprender fazendo, cria memórias duradouras, ajuda a construir uma maior consciência do meio ambiente, oferece ferramentas para a sua independência e a autonomia, e faz as crianças sentirem-se desafiadas e estimuladas a aprender.

Para celebrar a importância das brincadeiras reais e do tempo ao ar livre, 1.700 escolas em todo o mundo participaram no Dia de Aulas Ao Ar Livre a 17 de junho de 2016, incluindo brincadeiras reais e ao ar livre na educação formal. Foram mais de 270.000 as crianças envolvidas, as quais passaram mais de 814.000 horas aprendendo ao ar livre, em 23 países diferentes.

Este primeiro dia foi um sucesso tão grande que a próxima edição do Dia de Aulas Ao Ar Livre, marcada para 6 de outubro de 2016, será alargada a ainda mais países. Pais e professores em todo o mundo têm sido incentivados a saírem com as crianças para o ar livre, e têm publicado fotos das suas experiências com as hashtags #ebomsujarse e #diadeaulasaoarlivre, partilhando ainda as suas dicas sobre como conseguem fazer as suas crianças brincar todos os dias.

 

 

Dicas Cleanipedia para toda a casa. Quer esteja a arrumar ou a combater nódoas, clique aqui & descubra como limpar quase tudo!